Dentista, você sabe lavar as mãos da forma correta?

0
Dentista, você sabe lavar as mãos da forma correta?

Lavar as mãos é um ato simples, rápido e eficiente, que previne uma série de doenças. Em um consultório odontológico, a prática precisa ser repetida sem preguiça. Mas você, dentista, já parou para pensar se está fazendo essa higienização da forma correta?! Descubra no post desta segunda-feira.

Lavar as mãos fora do consultório odontológico

Fora do consultório odontológico, os passos para a lavagem das mãos é o seguinte para todo mundo:

  • 1º: Primeiro, coloque um pouco de sabonete nas mãos úmidas. Especialistas recomendam usar o líquido, já que o em barra pode servir como esconderijo para as bactérias;
  • 2º: Esfregue uma palma na outra;
  • 3º: Entrelace os dedos para lavar cada um deles;
  • 4º: Esfregue as unhas nas palmas das mãos;
  • 5º: Esfregue a parte de trás de cada mão;
  • 6º: Enxague abundantemente;
  • 7º: Seque bem as mãos com uma toalha limpa.

Lave as mãos sempre que sentir necessidade, mas, principalmente: antes de levá-las à boca; antes e depois de ficar perto de alguém doente; depois de usar o banheiro; depois de tocar em maçanetas e em corrimãos; e depois de assoar o nariz.

Lavar as mãos no consultório odontológico

No consultório odontológico, o dentista e toda a equipe devem ir além. É preciso adotar – especialmente antes das cirurgias – cuidados específicos, como o uso de soluções detergentes especiais e de escovas com cerdas macias. É importante lembrar que o descarte delas deve ser feito logo depois do uso.

A lavagem das mãos e dos antebraços deve durar de três a cinco minutos. Listamos abaixo quando esses profissionais devem lavar as mãos ao longo do expediente.

–  No início e no fim do turno de trabalho;
–  Antes de preparar medicação;
–  Antes e após o uso de luvas;
–  Depois de utilizar o banheiro;
–  Antes e depois de contato com pacientes;
–  Depois de manusear material contaminado, mesmo quando as luvas tenham sido usadas;
–  Após o contato direto com secreções e matéria orgânica
–  Após o contato com superfícies e artigos contaminados;
–  Entre os diversos procedimentos realizados no mesmo paciente;
–  Quando as mãos forem contaminadas, em caso de acidente;
–  Após coçar ou assoar nariz, pentear os cabelos, cobrir a boca para espirrar, manusear dinheiro;
–  Antes de comer, beber, manusear alimentos e fumar;
–  Após manusear quaisquer resíduos;
–  Ao término de cada tarefa.

Mais no Blog BookLab

Gostou deste post?! No nosso blog, você confere mais dicas para o dentista e a sua equipe. Até a próxima!